Rate this post

O Conselho de Estado francês considera agora os lucros gerados pelas criptomoedas como ganhos de capital de bens móveis que serão tributados a uma taxa fixa de 19%, em vez da taxa anterior de 45%.

França reduz taxas de criptografia de 45% para 19%

Reguladores de todo o mundo colocam criptomoedas sob o guarda-chuva da taxação, mesmo que não sejam reconhecidas pelo país. Quando se trata de taxas de tributação sobre criptomoedas , existem taxas diferentes em diferentes países.

O Conseil d’État, Conselho de Estado Francês, disse em 26 de abril que os ganhos gerados pelas criptomoedas são considerados ganhos de capital. Antes de mudar as taxas, a França tem taxas extremamente altas que podem chegar a 45%, o que também inclui 17,2% da contribuição social generalizada (CSG).

Um número de contribuintes foi a mais alta corte de França para desafiar o regime existente aplicável à transferência de bitcoin entre outras criptocorrências. Sob este sistema, onde a atividade incomum estava envolvida, os ganhos sobre a venda de criptomoedas são considerados lucros industriais e comerciais, enquanto no caso de atividades incomuns, eles ficam sob lucros não comerciais.

Agora, o Conselho de Estado trouxe a venda de bitcoins sob a categoria de ganhos de capital de bens móveis. A propriedade móvel é basicamente a mercadoria que pode ser movimentada, sujeita a uma taxa fixa de 19% de tributação. Mesmo depois de adicionar o CSG a isso, ele será significativamente menor do que as taxas de imposto normais.

O Conseil d’État também fala sobre os ganhos gerados pela mineração bitcoin, que estará sob a categoria BNC, que cobre a tributação das operações profissionais.

 

França trabalhando em direção a um mercado de criptomoeda devidamente regulado

Recentemente, tem sido relatado que as famílias dos EUA devem cerca de US $ 25 bilhões em impostos de criptografia para o IRS (orgão da Receita fiscal Americano). As razões por trás de uma quantia tão grande são o número de impostos aplicados em diferentes transações envolvendo criptomoedas, com isso tornando um processo muito custoso para as pessoas.

Ao ter criptomoedas sujeitas a ganhos de capital sob objetos móveis, a França facilitou para os investidores de criptomoedas. Agora, seus investimentos em criptomoedas não serão tributáveis ​​várias vezes, com isso a França consegue além de facilitar para os pagadores de impostos e também receber tributos em cima dessa nova porcentagem.

Embora o ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, tenha requerido regulamentos globais de criptografia , ele apóia o setor de criptomoedas e pediu uma estrutura definitiva para reduzir o risco de especulação, financiamento do terrorismo e lavagem de dinheiro.

A França deu um passo “justo” para que os reguladores de outros países precisem procurar obter assistência mais adequada aos investidores.

Analisando este cenário atual, as criptomoedas possuem um por fazer com que os governos reduzam as taxas de impostos, caso o contrario ocorrerá o mesmo que aconteceu nos Estados Unidos onde muitos investidores não declararão seus ganhos devido as altas taxas.