5 (100%) 1 vote

O governo dos EUA precisa encontrar o “ponto ideal” em sua supervisão do ecossistema de  criptomoedas, disse Mick Mulvaney, diretor interino do Departamento de Proteção Financeira ao Consumidor, na quarta-feira dia 20/06.

Falando na conferência Future of Fintech organizada pela empresa de pesquisa e análise CB Insights, Mulvaney, que também dirige o Escritório de Administração e Orçamento, elogiou suas credenciais pro-bitcoin, observando que ele é fiscalmente conservador e “foi um dos membros fundadores da Fintech”. 

Deixando de lado as simpatias, ele argumentou que a regulamentação é importante para proteger os investidores – mas o governo não deveria desencorajar potenciais investidores ou incorporadores de entrarem no mercado por meio de leis ou regulamentos onerosos.

Mulvaney explicou:

“Sabíamos desde cedo do bitcoin, como acontece com qualquer tecnologia financeira em desenvolvimento, precisávamos encontrar esse ponto ideal … se o Mt. Gox se tornasse uma ocorrência regular, isso prejudicaria drasticamente a confiança nos mercados e impediria a inovação. E se superestimarmos e desencorajar as pessoas de entrarem no mercado, o que também tem consequências negativas “.

Em outras palavras, Mulvaney disse, “estamos procurando pelo caminho de Goldilocks [no meio]”.

“Se por algum motivo estamos olhando para você e a única maneira de olharmos para você é através das lentes da instituição financeira de tijolos e cimento, e porque fazemos isso com esse resultado perverso ou absurdo, é isso que estamos tentando identificar e prevenir “, disse ele.

 

Fonte: Coindesk